Na mídia

O Financista - 25/02/2016

Por que o Citi e outros bancos estrangeiros fracassam no Brasil?

O anúncio de que o Citi está de malas prontas para deixar o Brasil é apenas o exemplo mais recente do fracasso dos bancos estrangeiros em crescer por aqui.

[+] veja mais no link abaixo

Estadão - 30/10/2015

“Pelé vs Romário” e o custo da cesta básica

Quando a cesta básica era mais cara, em 1977 ou em 2008? Quem fez mais gols, Pelé ou Romário? Você sabe a relação entre essas duas perguntas?

[+] veja mais no link abaixo

InfoMoney - 15/10/2015

Materiais de alto custo na saúde - Uma agenda para o debate

Nesse artigo, que é uma adptação de um ensaio publicado pelo portal IG em 2014, proponho uma agenda para ser debatida pela sociedade com ampla participação do Governo Federal. Trata-se das possíveis soluções para um problema que há muito tira recursos dos sistemas de saúde público e privado: os desperdícios no uso de órtese, próteses e materiais especiais (OPME´s).

[+] veja mais no link abaixo

InfoMoney - 24/08/2015

Planos de saúde: poupança e sustentabilidade

Como financiar o sistema de planos de saúde em um Brasil que, em 2030, terá 15 milhões de idosos a mais? O projeto de uma poupança saúde que está em debate dentro do governo há mais de 4 anos pode ser uma solução. Tornar a poupança saúde uma realidade é um importante desafio da agenda microeconômica do atual governo.

[+] veja mais no link abaixo

InfoMoney - 13/08/2015

Planos de saúde: envelhecimento e sustentabilidade

Como irá evoluir o sistema de saúde suplementar (planos de saúde) em um cenário de envelhecimento da população e em um sistema mutualista em que os mais jovens acabam subsidiando os mais idosos? Maior liberdade na precificação de risco de planos de saúde é uma saída desejável ou uma ameaça aos clientes de mais idade?

[+] veja mais no link abaixo

Jornal da Cultura | 25 de Julho de 2011 - 3º Bloco

Em 2011, o mercado brasileiro havia vivido a expectativa de mais uma fusão entre duas grandes empresas. Mas, para que as duas empresas possam se unir, é preciso passar por um conselho e não infringir a lei antitruste.

Jornal BemParaná | 25 de Junho de 2010

O Banco Central e as empresas de cartões de crédito estimam que o número de tarifas cobradas pelo setor dos consumidores deve cair praticamente pela metade, ou até mais, após a regulamentação que está sendo preparada pelo governo...[+] veja matéria na íntegra nos links abaixo